DEPUTADOS DO PDT REAFIRMAM APOIO A CIRO GOMES E AO PROJETO DO PARTIDO

“O PDT acredita no trabalho que vem sendo desenvolvido ao longo de vários anos no Ceará e por isso está unido, forte e motivado para o próximo pleito eleitoral”

m nota, a bancada de deputados federais do PDT seguiu a linha do que havia manifestado, nessa terça, a bancada estadual do partido. André Figueiredo, Eduardo Bismarck, Idilvan Alencar, Leônidas Cristino, Mauro Filho, Pedro Bezerra e Robério Monteiro ressaltaram “apoio incondicional” a Ciro Gomes na sua aspiração presidencial. Registraram também que a candidatura escolhida ao Governo do Ceará terá “apoio irrestrito e empenho inegociável” dos membros da bancada.

A ideia de união concorre com o acirramento interno pelo qual passa o PDT, cindido entre defensores de Roberto Cláudio e apoiadores de Izolda Cela. Se soma ao rol de questões o projeto nacional de Ciro, que ainda não chegou perto de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL), primeiro e segundo lugar isolados, conforme pesquisas.

Vice-presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Adail Júnior (PDT) criticou companheiros de partido que estariam tímidos no apoio ao ex-ministro. “Dificilmente você vê um pedetista dizer que é Ciro Gomes, postar nas suas redes sociais que é Ciro Gomes. Me diga um petista, um bolsonarista, que não está fazendo isso 24 horas por dia”, bradou.

A bancada do PDT na Assembleia Legislativa se reuniu para demonstrar união via nota. Tem o mesmo teor da que foi exposta pela bancada federal. O aspecto particular foi a briga entre Evandro Leitão e Carlos Lupi, dirigente nacional da legenda. Leitão considerou mal educado a defesa de RC feita por Lupi, que não ficou calado.

Blog do Rosálio Daniel/O Povo

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.