EM REUNIÃO DO PARTIDO PT REBATE AS CRÍTICAS DE CIRO GOMES

O PT rebateu as críticas de Ciro Gomes (PDT), mas defendeu a manutenção da aliança governista no Ceará. O partido definiu os comentários do ex-governador como “ato de total desespero” por estar “inviabilizado no pleito presidencial”. Em nota aprovada pela executiva estadual do partido na noite desta quarta-feira, 4, o partido classifica os ataques de “levianos e oportunistas”, afirma que falta a Ciro “maturidade e responsabilidade”. Diz ainda que o ex-ministro tem “ímpeto autoritário” e busca “impor uma candidatura ao governo do estado à sua imagem e semelhança”.

A direção petista defende a aliança e afirma que a candidatura aliada “não pode resultar da imposição de quem quer que seja” nem “estar a serviço de ambições pessoais”. E aponta que as “pretensões autoritárias” de Ciro “desagregam e sabotam os esforços de unidade”.

A nota diz que o PT se orgulha da contribuição para o projeto do ex-governador Camilo Santana e da “exitosa gestão da companheira Luizianne Lins na prefeitura de Fortaleza”. Luizianne foi a petista citada mais diretamente nas críticas de Ciro.

O PT também cita a entrevista exclusiva de Camilo Santana ao O POVO, na qual ele afirma que “não existe aliança nem projeto de um partido só”.

Na terça-feira, Ciro afirmou: “Não vou me submeter a um lado corrupto do PT que também existe no Ceará”, afirmou em entrevista à rádio Jangadeiro BandNews FM.

Blog do Rosálio Daniel/O povo com informações de Carlos Holanda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.