ZEZINHO ALBUQUERQUE DEVE DEIXAR O PDT, E SE FILIAR AO PP, PARA DISPUTAR AS ELEIÇÕES

Zezinho reforça que é pré-candidato ao governo do Estado e diz que não há rompimento com o grupo governista. Porém, a nível nacional, a sigla é aliada de Bolsonaro

O deputado estadual Zezinho Albuquerque, ex-presidente da Assembleia Legislativa e ex-secretário de Cidades do governo Camilo Santana, vai deixar o PDT e se filiar ao PP para a disputa das próximas eleições. O parlamentar diz que o partido se mantém na base aliada estadual e que ele segue com o nome posto para a disputa pelo governo do Estado.

Zezinho é um dos mais antigos e fiéis aliados dos irmãos Cid e Ciro Gomes, desde o início da década de 1990. Ele garante que a mudança não impacta a aliança com o grupo governista, embora o PP tenha, nacionalmente, aliança com o presidente Bolsonaro. Sem dúvida, este deve ser um fator a dificultar os entendimentos no Ceará e também em outros estados.

Blog do Rosálio Daniel com informações do Jornalista Inácio Aguiar

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.