CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2022 É LANÇADA COM O TEMA DA EDUCAÇÃO

Objetivo é propor reflexão e arrecadar fundos para repassar a entidades sem fins lucrativos

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou nesta quarta-feira (2) a Campanha da Fraternidade 2022.  O tema da edição deste ano é a educação. De acordo com o calendário católico, a ação ocorre durante o período da Quaresma, se iniciando na Quarta-feira de Cinzas e seguindo até o Domingo de Ramos.

A proposta é estimular que igrejas, famílias e escolas proponham momentos de reflexão e debate sobre novas formas de educar em uma perspectiva humanista, conforme orientação do papa Francisco.

Em coletiva de imprensa realizada de forma virtual nesta manhã, o arcebispo de Porto Alegre, Dom Jaime Spengler, ressaltou a importância de a sociedade parar para pensar um novo modelo de educação.

– Creio que precisamos, urgentemente, de espaços educativos que favoreçam projetos de vida que ultrapassem a carreira profissional, que também avaliem a realização pessoal, o bem social. É preciso promover um mutirão em prol da solidariedade – disse.

Também haverá arrecadação de dinheiro no Domingo de Ramos, que neste ano cai no dia dez de abril. Fiéis poderão doar uma quantia para as dioceses. Parte do valor ficará retido. Outra parte será destinado ao Fundo Nacional de Solidariedade, com o objetivo de investir em projetos sociais.

– O destino será o seguinte: 60% do valor arrecadado permanece na própria diocese, enquanto 40% é destinado ao fundo, para que entidades que estejam sintonizadas com a temática da Campanha da Fraternidade possam recorrer solicitando auxílio – explicou Dom Jaime Spengler.

Entidades sem fins lucrativos que desejam participar podem tirar dúvidas em sua diocese ou pelo e-mail fns@cnbb.org.br.

Esta é a terceira vez que a educação pauta a Campanha da Fraternidade. O tema já foi objeto de reflexão em 1982 e 1998. Desde 1964, a campanha é realizada anualmente pela Igreja Católica no Brasil  no período da Quaresma. Em cada edição, um tema é escolhido para despertar a solidariedade dos fiéis em relação a um problema da sociedade.

Blog do Rosálio Daniel

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.