POLÍCIA DA ITÁLIA PRENDE BRASILEIRA SUSPEITA DE MATAR A SOGRA ENVENENADA

A Polícia italiana ordenou nesta terça-feira (14/01/2020) a prisão da brasileira Adriana Pereira Gomes, de 32 anos, pela suspeita de que ela tenha matado a sogra envenenada e ocultado o cadáver. O corpo de Simonetta Gaggioli, de 76 anos, foi encontrado embrulhado em um saco de dormir em uma estrada na província de Livorno.

Embora ela tenha sido detida nesta terça, o crime ocorreu em 26 de julho de 2019. Adriana vem sendo investigada desde então, bem como seu marido, o italiano Filippo Andreani, de 48 anos. A suspeita é de que a idosa tenha morrido após ingerir café com um medicamento para hipertensão em dose 10 vezes maior do que a prescrição médica, segundo o jornal italiano Corriere Della Sera.

Adriana, contudo, nega ter cometido o crime e diz que foi suicídio – segundo a brasileira, Simonetta preparou sozinha o café. “Ela queria morrer, só respeitei sua vontade”, alegou.

Blog do Rosálio Daniel – Metrópoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *