HOMEM MATA PREFEITO DO INTERIOR DE SANTA CATARINA E DEPOIS TENTA SUICÍDIO

O corpo do prefeito João Schwambach (MDB), de 59 anos, é velado na manhã desta quinta-feira (9) no Salão Paroquial da Igreja Matriz, em Imbuia, no Vale do Itajaí.

Schwambach foi assassinado a tiros próximo ao prédio da prefeitura municipal na tarde de quarta-feira. O velório ocorre até as 16h. Depois, haverá uma celebração de corpo presente na Igreja Evangélica de Samambaia.

A administração decretou luto oficial de três dias no município. As repartições públicas municipais de Imbuia vão estar fechadas nesta quinta.

Trajetória

João Schwambach foi vereador por dois mandatos, vice-prefeito duas vezes no município e estava em seu primeiro mandato como prefeito pelo MDB.

Ele deixa esposa e seis filhos, entre eles quatro mulheres e dois homens.

Suspeito segue internado

Segundo a polícia, o principal suspeito pelo crime é um homem que está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Alto Vale, em Rio do Sul.

De acordo com o delegado regional Valério Farias, as primeiras informações apuradas apontam que ele teria tentado tirar a própria vida após atirar contra o prefeito, mas foi socorrido pelo filho.

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, ele deu entrada na unidade por volta das 22h de quarta-feira, após ter sido transferido do Hospital Bom Jesus de Ituporanga, para onde foi levado inicialmente. O estado de saúde não foi informado.

Vice-prefeito assume

O secretário de Administração de Imbuia, Neri Fermino, afirma que chegou a ouvir um barulho semelhante a tiros quando saía da Prefeitura. Ele recebeu a ligação informando a morte do prefeito cerca de 40 minutos depois.

“Naquele momento, a comunidade e as pessoas que estavam aqui não sabiam ainda do disparo. Achavam que [o prefeito] havia infartado ou algo nesse sentido. Conversando com alguém ali, alguém comentou ‘olha, falaram que parece que atiraram no prefeito’ e eu disse ‘então é verdade, porque eu escutei dois estampidos’. Nós fomos para as câmeras e detectamos o ocorrido”, contou.

Blog do Rosálio Daniel – G1.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *